segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Primeiras imagens do interior do novo BMW M5 mostram que o câmbio manual já era




Há rumores dizendo que os 547 cv gerados pelo motor V8 com dois turbocompressores do novo BMW M5 2011 serão domados apenas por um câmbio automático, e essas imagens exclusivas do interior do cockpit parecem não desmentir a informação. Uma pena. Será que o sonho de pilotar a máquina perfeita morreu?



Provavelmente não, mas isso quer dizer que os alemães estão tão confiantes em suas novas e precisas transmissões que os dias de “escolha-sua-marcha” do câmbio manual estão contados, ao menos nos BMW. O console central destaca a alavanca, com um M gravado na manopla. O novo volante é menor do que o normal dos série 5, com borboletas de acionamento. Também podemos ver os bancos bem acolchoados e um painel de instrumentos ligeiramente melhorado.

A julgar pelos upgrades no desenho e motor, todos os esforços foram concentrados em deixar o carro com um visual mais sinistro, e mais rápido. A discreta mudança no capô deu um ar robusto, e as rodas e pneus também contribuem, transmitindo a sensação de “não estou para brincadeira.” O M5 da geração F10 sem dúvida terá um desempenho espetacular, com uma versão modificada do V8 de4.4 L do X5 M debaixo do capô, e uma saudável injeção de fibra de carbono para ajudar a reduzir o peso. Temos plena certeza de que será maravilhoso, mas ainda sentiremos falta da boa e velha alavanca manual.