sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Conceito BMW Vision ConnectedDrive decide o seu destino sozinho



O conceito Vision ConnectedDrive da BMW se parece com um típico roadster estilizado, mas tem o cérebro digital de um supercomputador mestre em xadrez. Esse computador pode filtrar informações que você não precisa e destacar coisas importantes, como onde conseguiu um hambúrguer decente.
Com a interface 3D programável do carro, o motorista poderia reorganizar as informações em seu campo de visão de acordo com a sua relevância – dados de trânsito se estiver atrasado para o aeroporto, instruções de direção, ou quais restaurantes oferecem aquele churrasco campeão. Um estranho “navegador emocional” pode buscar informações sobre a vizinhança na qual você está – uma espécie de sexto sentido geodigital – para que você possa evitar as ruas onde manifestantes tacam ovos em motoristas desavisados de roadsters. Um passageiro também pode programar informações no sistema, assim ela pode insistir em comida vegetariana – ou compras.

Fora a tecnologia de ficção científica, o visual do conceito deve influenciar a próxima geração de BMWs. Você poderá vê-lo em três dimensões no salão de Genebra.

Esse aí não tá nem aí pra nada...